Blog em Manutenção:

Blog em manutenção, desculpe-me o constrangimento... Em breve o novo design estará pronto, obrigado pela atenção.

Mais Uma de Amor:

Bem, espero que vocês tenham gostado do novo tema do Blog, mas... Pois bem, vou direto ao assunto:

“Quanto mais você demonstra que gosta de alguém, mais esse alguém te ignora”
“Quanto mais você corre atrás, mais as pessoas se afastam”
“Se você ama alguém, não demonstre”
“Se ele sentir que está te perdendo, ele irá te procurar”

[se você for um péssimo blogueiro, leitor preguiçoso, pode parar por aki e comentar a primeira frase, eu não me importo. Mas se quiser continuar, o texto é todo seu, e foi feito para você]


      Já ouvi esses conselhos de pessoas que se dizem experientes diante do tema relacionamento. Mas eu não consigo concordar, para mim não faz sentido. Quer dizer que se eu gosto de alguém devo tratá-la com frieza para que assim ela me dê valor? As pessoas só lhe dão valor quando sentem a sua falta? Alguém só lhe procura quando lhe vê distante, quase perdido de vista? E que lance é esse de “dar um gelo” para ver se as coisas começam a funcionar?
      É leitor... acho que você já ouviu falar nisso não é mesmo?
      Mas eu não entendo. Como eu posso fingir que não ligo, deixar de dar atenção, provocar ciúmes, fazer a pessoa sentir que está me perdendo, não demonstrar o que sinto para que ela não tenha o poder de me ter nas mãos? Por acaso o amor é um jogo de vencedores e perdedores? Não, essa porra toda devia ser recíproca!
      Acho que as pessoas querem provas demais, complicam demais, criam situações desnecessárias, jogam-se umas contra as outras como se tudo não passasse de uma troca de obrigações um para com o outro. Não há amor nesse lance, nunca houve.
      Porque hoje parece vergonhoso se declarar, demonstrar os sentimentos e falar sobre eles, dizer que se está apaixonado por alguém, trocar carícias e palavras doces. Hoje tudo se transformou nessa coisa de “ficar, pegar, transar”, não há mais nada, além disso. Ninguém mais quer compromisso. As pessoas acham maneiro ficar com milhões e depois não saber de quem gostam de verdade, as pessoas se traem, se desrespeitam...
      O fato de se relacionar com alguém passou a termos tão vulgares que hoje é certo se dizer que é preciso pisar em alguém para saber o quanto ela gosta de você. Véei, vamos parar com isso!
Eu tenho ouvido esses conselhos por tanto tempo... Ainda acho que não faz sentido e quer saber? Depois de tudo o que refleti antes de criar esta postagem, vejo que vale a pena voltar a moda antiga... Esquecer essas modernidades e voltar a fazer poemas, mostrar o quanto sou romântico e me declarar sempre que tiver a oportunidade.
      Sabe por quê? Porque alguém deve saber que gosto dela vendo o quão bom e carinhoso eu posso ser, não o quanto posso pisar, fingindo que meu coração é de pedra para se ter um amor ao meu lado!

E fim de papo...

9 Comentários:

cicero edinaldo disse...

Eu precisava ler isso hoje. Obrigado por me fazer refletir sobre tais questões. Entre conselhos e amores existe algo chamado amizade. De um lado ela pode ajudar ( vc acabou de fazer isso comigo!) por outro ela pode aconselhar inúmeras bobagens. Devemos respeitar as opiniões dos outros, mas devemos também balancear nossos sentimentos antes de fazermos uma grande "merda" em nossas vidas. Vc é maluquinho, mas tem lugar cativo em meu coração. Parabéns pelo post meu querido Gabriel Guimarães Myslinsky.

Wendell Ribeiro disse...

Gostei do blog, adorei o banner. Comecei a assistir QAF mas nao terminei :( haha

http://somethingaboutbooks.blogspot.com NÃO ESQUEÇAM DE PARTICIPAR DAS PROMOÇÕES!

Wendell Ribeiro disse...

se conselho fosse bom, todo mundo cobraria por eles

Matheuslaville disse...

É um conselho bom e até reparei isso ,mas como sou novato na vida é melhor não falar nada...

Diogo disse...

Você escreve muito bem, parabéns! Amei a reflexão, muito boa mesmo! Infelizmente, as pessoas vivem de experiências alheias; não vou mentir, já sofri muito e pelo o que eu passei digo a si mesmo: "Quanto mais você demonstra que gosta de alguém, mais esse alguém te ignora", mas não digo para os outros serem assim, mas há um pouco de verdade nisso na maioria dos casos. Muito bom. Seguindo!

Senhor dos Ventos

Ítalo Richard disse...

Achei interessante o texto, fez uma crítica bacana. O que alguns chamam de amor se vulgarizou um pouco, amor é respeito acima de tudo. A coisa mais chata é ficar por ficar, não há nada mais artificial.

abraço,
www.todososouvidos.blogspot.com

karina disse...

Parabéns pelo blog !! adorei e já estou seguindo se puder me siga lá tambem !!
http://kaah-star.blogspot.com.br/
desde á agradecida !!
abraço (seguidora 126)

Cerejα Top ღ (cαmilα) disse...

Ah é seja você mesmo, se não gostarem paciência.
Não gosto de joguinho, dou atenção e demonstro quando sinto e se não derem valor, tem quem dá.
O importante é sermos nós mesmos pois a vibração atrai os iguais com o tempo.

jean carlos de oliveira miranda disse...

acabo de criar um blog pra divulgar blogs legais, como eu acho que esse aqui tem potencial, gostaria que se dispusesse a participar é muito simples e pode ser dificil de surtir efeito no inicio mas se voce começar com certeza outros irão, não vai custar nada e você não tem nada a perder então que tal divulgar seu blog?

http://cinemaniacodivulga.blogspot.com.br
e siga o meu http://cinemaniacojean.blogspot.com que eu sigo de volta

Postar um comentário

Se deseja deixar sua opinião, fique à vontade. Obrigado: Gabriel G. Myslinsky.

 
Visão de Mundo © Copyright | Template By Mundo Blogger |