Blog em Manutenção:

Blog em manutenção, desculpe-me o constrangimento... Em breve o novo design estará pronto, obrigado pela atenção.

Madre de Deus de Minas

Madre de deus de Minas!

O que falar sobre essa cidadezinha onde vivem os Shugas?

Bem, é uma cidadezinha pequena, do estado de Minas Gerais, com mais ou menos seis mil habitantes e que é banhada pelo Rio Grande.

O que mais poderia dizer? Bem, não tenho palavras. Mas acho que o melhor a se fazer é contar um pouco sobre como a homossexualidade é vista pela população hétero.

Apesar da maioria dos meninos serem uns encubados da vida que saem por aí pregando a moral machista e ficando com travestis ás escondidas no final da noite, culpando a bebida depois e tal. (Fato: já comi vários deles e quem passou por essa experiência comigo hoje em dia nem olha mais para mim.) Coitados, vivem no armário. Ok, mas do que adianta questionar sobre eles? Eles nunca irão assumir mesmo né? Eles são assim e eu não poderia estar mentindo, pois tenho amigos que me contam tudo sobre o que fazem com estes supostos “héteros” e também tenho um gaydar que detecta muito bem este tipo de pessoa.

Basta fazer uma simples perguntinha e todos vão entender: Quem nunca passou uma noite na casa do cabeleireiro mais famoso da cidade? Taí um esconderijo perfeito para eles. Em Madre de Deus de Minas um ditado é considerado moral: Um homem que come outro homem não é gay! (Isso me lembra a cena do filme Brokeback Montain, depois da transa na barraca, rsrsrs)...

O preconceito em Madre de Deus de Minas também é considero moral. Um emprego decente para um gay assumido aqui é praticamente impossível. Os comerciantes não empregam mesmo, pois não querem “queimar o filme” do seu local de trabalho. Isso explica o porquê de um Shuga estar sempre se ferrando na vida.

Na prefeitura, nos postos de saúde, nas escolas e nos hospitais (como se tivesse mais de um), trabalham alguns gays. Todos eles “discretos”. Mas pensem bem, o que eles têm que os Shugas não têm? Dinheiro e medo! Eles vivem sua homossexualidade no armário. Não namoram ninguém. Não se expõem para a sociedade e apesar de terem um semblante mais do que afeminado estampado no rosto são aceitos. Por quê? Algo que até hoje não consigo entender.

Aqui as pessoas te tratam bem quando você está frente a frente com elas, mas basta virar as costas que elas jogam sobre você todas as críticas que tem em mente.

Não existe nenhuma lei de apoio a homossexuais. Eu por exemplo já fui agredido algumas vezes, mas o que eles fizeram? A polícia chega sempre no final de uma briga e quando fui vítima de homofobia, deram um jeito de me rotular como o culpado pela situação.

O prefeito que está no poder agora havia me prometido um emprego na época das eleições, mas a única vez que precisei de sua ajuda fui humilhado. Eu estava passando por dificuldades com meu ex namorado, fomos até o seu gabinete, pedimos uma ajuda e ele tirou uma nota miserável do bolso, me entregou e perguntou se eu iria comprar maconha com o dinheiro.

É TAZINHO. Você pode até pensar que agiu certo se sentindo na obrigação de ter me feito esta pergunta simplesmente pelo fato de eu ser rockeiro e gay mas...

Todos sabem agora e você deve se perguntar: O que eles estão pensando de mim?

Isso vai ficar registrado aqui para sempre!

Madre de Deus de Minas também tem o seu lado bom, mas isto não preciso estampar aqui, pois todos podem ver. Já que a toda a sujeira é escondida em baixo do tapete o mínimo que eu podia fazer é mostrar a você um pouquinho de toda esta merda que eles escondem!

Até mais pessoal.





4 Comentários:

Anônimo disse...

Profundo e verdadeiro isso,preconceito não tá com nada...e o Tazinho talvez tbém deveria sair do armário ashuashuashuae

Gabriel Myslinsky disse...

Com certeza, vc anônimo tem toda a razão, eu apoio! Mas o que acham de uma parada aqui em Madre pra ele sair? kkkkk! Adoooro!

Anônimo disse...

Gabriel você mora onde hoje? quero te conhecer, deixa seu e-mail

Anônimo disse...

Moro no Jardim Aquárius em São José dos Campos, quero muito te conhecer, sempre vou em Madre de Deus, abraços.................até breve........

Postar um comentário

Se deseja deixar sua opinião, fique à vontade. Obrigado: Gabriel G. Myslinsky.

 
Visão de Mundo © Copyright | Template By Mundo Blogger |